Featured Posts

Topo
27 jun

CONSTELAÇÃO FAMILIAR SISTÊMICA: VOCÊ SABE O QUE É?

Você já ouviu falar de constelação familiar sistêmica com aplicação em conflitos familiares?

Constelação familiar sistêmica é um método psicoterapêutico desenvolvido pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger (2003).

O estudioso analisou diversas formas de psicoterapia familiar, bem como das relações mantidas pelos indivíduos e percebeu que muitos comportamentos se repetiam de geração em geração, os quais podem ser a explicação da existência do conflito familiar.

Assim, a constelação familiar consiste em um método no qual um cliente apresenta um tema de trabalho (briga de herdeiros, alienação parental, distanciamento entre pai e filho…) e, em seguida, o terapeuta solicita informações factuais sobre a vida de membros de sua família, como mortes precoces, suicídios, assassinatos, doenças graves, casamentos anteriores, número de filhos ou irmãos. Então, uma pessoa de fora da família é convidada a representar os membros envolvidos, passando esse a se sentir como a pessoa que vivenciou a situação real. Neste momento, os intérpretes acabam reproduzindo sintomas físicos da pessoa e sentimentos, mesmo sem nem conhecer os envolvidos no conflito.

Em seguida, guiado pelas reações desses representantes, o terapeuta conduz, quando possível, os representantes até uma imagem de solução onde todos os representantes tenham um lugar e se sintam bem dentro da família, atingindo assim a pacificação do ambiente familiar.

Diante da eficácia e sucesso do método, a constelação familiar sistêmica tem sido muito difundida no Judiciário como um método alternativo de resolução de conflitos, sendo incentivada por magistrados, advogados e operadores do direito.

Esse é um dos métodos que veio contribuir com a nova advocacia, principalmente a advocacia que trabalha com conflitos familiares. Essa é a visão do novo direito, aquela em que os advogados não devem mais induzir conflitos e lides processuais, mas sim buscar a solução justa, eficaz e célere, que contribua efetivamente com o real interesse das partes envolvidas, mesmo que venha diante de um método alternativo de resolução de conflitos.

Segue vídeo com maiores informações do método:https://www.youtube.com/watch?v=a7Ye7kXK6Wk

Não há comentários enviados. Seja o primeiro a comentar.

Sorry, the comment form is closed at this time.